Conheça os benefícios de consumir alimentos com antioxidantes

brph_bem-estar-antioxidantes-interna_pt-en

Eles ajudam a retardar o envelhecimento e a prevenir doenças degenerativas, como Parkinson e Alzheimer

Frutas oleaginosas, como nozes e amêndoas, e vegetais com coloração verde-escura, como os brócolis, podem ser eficazes para retardar o envelhecimento. Como são ricos em vitamina C e D, e em minerais como betacaroteno e selênio, podem contribuir para proteger o organismo de reações químicas que ocasionam mudanças na estrutura molecular das células do corpo. Por isso, tais alimentos ganham o nome de antioxidantes. Nesse grupo também estão amendoim, abóbora, pimentão e pimenta, além de frutas como laranja, melão, manga e mamão papaia, frutos do mar e carnes de boi, frango e suína.
Para aumentar a ingestão de antioxidantes, basta incluir esses alimentos no cardápio. O Ministério da Saúde recomenda que as pessoas distribuam, em suas refeições, três porções de verduras e legumes, e que consumam três frutas diariamente. Fazer exercícios regularmente e abandonar o cigarro são atitudes essenciais que contribuem para um estilo de vida saudável e para diminuir a produção de radicais livres.
A soma da ingestão desses alimentos, aliada à atividade física, não contribuirá apenas para retardar o envelhecimento. Pesquisas indicam que os antioxidantes podem ajudar a combater câncer, aterosclerose, diabetes e autismo, e até prevenir doenças degenerativas, como Parkinson e Alzheimer.

X